“Ceticismo em relação a Temer é positivo para criar agenda realista”

Luiz Felipe d’Ávila fala hoje sobre “O Brasil, a crise e a oportunidade de mudança” num jantar-palestra organizado pela Fundação Luso-Brasileira.

 

Entrevista a Luiz Felipe d’Avila, diretor-presidente do Centro de Liderança Pública, em São Paulo

 

Acha que a democracia brasileira saiu a ganhar nesta votação?

Sim, saiu a ganhar. É uma prova de que, apesar de toda esta crise política, as instituições funcionam bem.

 

Mas a votação parecia mais um circo do que um Congresso…

E é. Porque era uma votação aberta, transmitida pela televisão, onde cada um estava falando para a sua plateia, os seus eleitores, e não queria perder o momento histórico. Era uma conversa com o seu partido, com as suas lealdades políticas e locais. Isso é o lado da imaturidade de alguns partidos que ainda personalizam a questão. É o nosso gosto pelo populismo. Precisamos amadurecer e entender que as instituições estão acima das pessoas.

 

 

Leia aqui a notícia original na íntegra.